C&C é proibida de usar serviços de proteção ao crédito como critério de admissão

A C&C  Casa e Construção foi proibida pela justiça do Trabalho de pesquisar serviços de proteção ao crédito como critério de admissão de candidatos a vagas de emprego. A decisão resultou de uma ação civil pública movida pela Procuradoria do Trabalho, após denúncia anônima. Uma vistoria feita pelo MPT-SP na empresa revelou que “caso os candidatos tivessem seus nomes registados na Serasa, eram preteridos no processo seletivo, mesmo que apresentassem bons resultados”, afirmou a procuradoria.

Fonte: informativo TRT 2ª região.

Comentário:

As empresas devem contar com assessoria jurídica também nos processos de admissão, uma vez que o risco da atividade empresarial no Brasil está alcançando o imponderável especialmente nas relações do trabalho.

Qualquer dúvida sobre o tema entre em contato a nossa equipe.